Ceará tem pior reserva hídrica dos últimos 5 anos

O Ceará registra a pior reserva hídrica para o mês de agosto dos últimos cinco anos. O índice de abastecimento dos reservatórios do estado chega a 17,1%, aponta o assessor da presidência da Companhia de Gestão e Recursos Hídricos (Cogerh), Giani Lima. “Estamos no menor percentual de reserva, que corresponde hoje a 17,15%”, afirma.

A criação de adutoras de montagem rápida e a perfuração de poços profundos foram algumas das medidas para atender municípios que enfrentam colapso de água. Mesmo assim, no Ceará, 139 cidades decretaram estado de emergência, segundo a assessora técnica da Defesa Civil do Ceará, Ioneide Araújo.

De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a situação não deve mudar, já que poucas chuvas podem ser registradas no segundo semestre, tendo como base a média histórica. A estação chuvosa de 2016 deverá ser abaixo da média histórica, devido à atuação do fenômeno El Niño.

Print Friendly
Pinterest